Sabedoria, Conhecimento e Covid-19

A Covid-19 tem trazido um novo repensar na trajetória humana. Entenda o tamanho do desafio para os estudiosos.

Filósofos que Passaram na Humanidade, Antes da Criação da Palavra Cientista

Sócrates
Sócrates

SÓCRATES: 469 a.C – 399 a.C. Grécia. Mestre de Platão e mentor de estudos no desenvolvimento da ética e da lógica.

Platão
Platão

PLATÃO: 427 a.C – 347 a.C. Grécia. Estudo metafísicos: discípulo de Sócrates e mestre de Aristóteles.

Aristóteles
Aristóteles

ARISTÓTELES: 384 a.C – 322 a.C. Grécia. Discípulo de Platão. Desenvolveu estudos na Física, Metafísica e Lógica. Foi mestre de Alexandre, o Grande.

Em virtude da realidade que estamos vivendo, em pleno Século XXI, com a pandemia da Covid- 19, doença que assola o Planeta Terra, como profissional de tecnologia e ciência, não poderia me abster de expor minha opinião.

Desde o surgimento do Planeta Terra, aconteceram as Eras Geológicas: Arqueozoica, Proterozoica, Paleozoica, Mesozoica e a atual Cenozoica, conforme detalhes descritos no artigo sobre a evolução da vida na Terra deste blog. Passando pelo surgimento dos hominídeos, homo erectus e homo sapiens, muitos conhecimentos ocorreram.

Existem controvérsias a respeito da criação do Planeta Terra e do Universo, seres vivos, animados, inanimados, vegetais unicelulares, multicelulares, seres humanos e vidas em geral. Ao longo do tempo surgiram conhecimentos na Filosofia, Biologia, Física, Química, Medicina, Matemática, Esportes, Economia, Artes. O termo Ciência é originado de Science que significa conhecimento.

William Whewell
William Whewell

A palavra CIENTISTA foi criada em 1833, por WILLIAM WHEWELL, filósofo inglês.

Antes da utilização da palavra Cientista, usava-se o termo Filósofo.

A ciência iniciou sua importância na humanidade, quando foi percebido que poderia trazer ganhos financeiros, melhoria na qualidade de vida e os diversos benefícios que temos no mundo atual.

Muitos foram os cientistas, mentes iluminadas, que contribuíram para a evolução da Humanidade, sendo alguns deles sem poder aquisitivo. Com base nas descobertas dos cientistas, o ser humano atua na engenharia genética, pesquisas e exploração espacial, prospecção e exploração de petróleo em águas profundas, exploração e pesquisas na Antártida, mineralogia, agricultura, meteorologia, geração de energia, medicina, inclusive no campo da física quântica.

Pesquisa de Física Quântica na Antártida
Pesquisa de Física Quântica na Antártida

Muitas foram as evoluções do ser humano, principalmente no Século XX, graças a inúmeros cientistas que passaram e outras que se encontram no Planeta, proporcionando integração entre nações que se opuseram durante a Guerra Fria, competiram na corrida espacial e compartilham, no momento, estações espaciais.

Apesar de grandes conquistas, por razão do desenvolvimento da ciência, fatores naturais trouxeram moléstias que foram responsáveis por mortes na humanidade, tais como as abaixo relacionadas e suas vítimas fatais.

  • Gripe Espanhola: estima-se ter matado aproximadamente entre 17 milhões e 100 milhões de pessoas;
  • Peste Bubônica: calcula-se ter feito em torno de 50 milhões de mortos;
  • Varíola: matou aproximadamente 300 milhões de pessoas;
  • Tifo: estima-se ter matado 3 milhões de pessoas;
  • Tuberculose: ainda circula na humanidade. Estima-se ter matado em torno de 1 bilhão de pessoas.

Graças à ciência, cientistas, dispositivos e instrumentos criados pelas descobertas e evolução, a maioria das doenças indicadas acima foram erradicadas.

Vivemos na atualidade a era de tecnologias de ponta com computadores de última geração, globalização, sistemas de automação, computadores de alta velocidade, inclusive no avanço de computadores quânticos, jatos supersônicos, sistemas globalizados.

No entanto, a humanidade no fim de 2019 foi surpreendida com a pandemia do Covid-19 que se encontra nos cinco continentes políticos do planeta: África, Américas, Ásia, Europa e Oceania, tendo se expandido rapidamente, em virtude da globalização.

Diversos cérebros em muitos países do mundo, com recursos financeiros incalculáveis, buscam solução para curar inúmeros doentes e salvar vidas de prováveis vítimas fatais, que vêm trazendo sofrimento e prejuízos enormes à economia do planeta.

Graças a descobertas de cientistas na área da Física, muitas curas das pandemias anteriores foram possíveis com a utilização de equipamentos, instrumentos e tecnologia. Esperamos que o mesmo ocorra com a Covid-19.

Cientistas da Área da Física que Fizeram Grandes Descobertas e Contribuíram para Solução de Doenças

Albert Einstein
Albert Einstein

ALBERT EINSTEIN: 1867 – 1955. Nascido na Alemanha. Leis da Relatividade e Ondas Gravitacionais.

Antoine Henri Becquerel
Antoine Henri Becquerel

ANTOINE HENRI BECQUEREL: 1852 – 1908. Nascido na França. Pioneiro na Radioatividade.

Enrico Fermi
Enrico Fermi

ENRICO FERMI: 1901 – 1954. Nascido na Itália. Estatística da Física Quântica.

Ernest Rutherford
Ernest Rutherford

ERNEST RUTHERFORD: 1871 – 1937. Nascido em Nova Zelândia. Desenvolvimento da Física Nuclear – Radioisótopos.

Isaack Newton
Isaack Newton

ISAACK NEWTON: 1642 – 1727. Nascido na Inglaterra. Criador da Mecânica Clássica (Três Leis de Newton), Estudos da Luz e Cálculos Avançados.

James Clerk Maxwell
James Clerk Maxwell

JAMES CLERK MAXWELL: 1831 – 1879. Nascido na Inglaterra. Equações de Eletricidade e Magnetismo.

Marx Planck
Marx Planck

MARX PLANCK: 1858 – 1947. Nascido na Alemanha. Física Quântica (Constante de Planck).

Marie Curie
Marie Curie

MARIE CURIE (MARIE SKLODOWSKA): 1867 – 1934. Nascida na Polônia. Isolamento do Elemento Radio e Raio “X”.

Michael Faraday
Michael Faraday

MICHAEL FARADAY: 1781 – 1867. Nascido na Inglaterra. Eletromagnetismo, com aplicação do Motor Elétrico.

Werner Heisenberg
Werner Heisenberg

WERNER HEISENBERG: 1901 – 1976. Nascido na Alemanha. Princípio da Incerteza.

Wilhelm Rotgen
Wilhelm Rotgen

WILHELM ROTGEN: 1845 – 1928. Nascido na Alemanha. Descobridor do Raio “x” e Aplicação.

Assim como ocorre com outras pandemias, a Covid-19 também irá ser superada, principalmente com uso dos recursos humanos e financeiros, ferramentas, instrumentos, equipamentos, tecnologias e comunicação do mundo moderno.

Devemos ter a consciência de que tudo isso passará. Não sabemos quando, mas esperamos que ocorra o mais rápido possível. É muito importante termos a consciência de que no Século XXI e, provavelmente no futuro, este período ficará na memória da humanidade, devendo a solução ficar a cargo do tempo, associada às pesquisas e desenvolvimento de vacinas e medicamentos para combater a Covid-19.

Devemos nos sintonizar e tomar medidas de prevenção, para que possamos superar esta fase que, direta ou indiretamente, assola cada um dos seres humanos. Certamente, depois que a pandemia terminar e a Covid-19 for erradicada, haverá grandes mudanças nos hábitos, costumes, compartilhamentos, comportamentos, atividades profissionais, educação, estudos, lazer, alimentação, sentimentos e muitas outras referências do passado, tendo em vista a necessidade de adequação.

Após a Covid-19

Provavelmente, mudanças que deveriam ocorrer no futuro serão antecipadas, como abaixo citados.

  1. Trabalhos remotos ou Home Office;
  2. Monitoração de pessoas com uso de telefonia móvel;
  3. Supervisão das pessoas e ambientes por câmaras de monitoração, identificação por biometria;
  4. Uso das redes sociais e internet para relacionamentos familiares, afetivos e amizades;
  5. Sistemas de automação industrial, comercial, predial, bancários serão popularizados, fazendo parte do dia a dia de todos, principalmente pelo uso de equipamentos com dispositivos baseados em componente com Princípio da Física da Matéria Condensada e Física Quântica, usando entrelaçamento quântico com qubitis;
  6. Uso de robôs para tarefas domésticas e comerciais.

Entendo como fundamental termos consciência de que o momento que viveremos, após a crise da pandemia da Covid-19, ficará na memória da humanidade pelo menos no Século XXI e nos anais da História.

A vida, hábitos e costumes dificilmente serão os mesmos, depois da Covid-19, ficando a lição da importância da ciência e dos cientistas para preservação da vida humana, seres vivos, meio ambiente, desenvolvimento econômico, financeiro, tecnológico, preservação da saúde.

Somos a maior inteligência conhecida até o momento. Espero que tudo se resolva rápido e que este momento fique como lição na história da humanidade para que a ciência seja mais valorizada social, econômica e financeiramente, assim como os cientistas.

Amplie seus conhecimentos. Adquira o livro Visões da Vida com Toques de Quântica e Física Clássica, de minha autoria.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *